Informamos os utentes que os vistos Schengen devem ser solicitados junto do Consulado de Itália em Montevideu.

 

Eleições legislativas 6 de outubro 

 

Recorda-se que os eleitores portugueses recenseados no estrangeiro votarão por via postal.

Divulgamos as instruções relativas a votação por via postal dos cidadãos residentes no estrangeiro e vídeo

 eleicao

bem como a ordenação dos boletins de voto pelo circulo eleitoral de fora de Europa :

eleicoes fora da europa

 

comissao nacional de eleicoes

Na sequência das alterações das leis eleitorais, informa-se que a Administração Eleitoral irá enviar proximamente uma notificação a todos os portugueses recenseados e residentes no estrangeiro.

A mesma deverá, entre outros assuntos, informar: 

Os cidadãos titulares de bilhete de identidade - BI, já recenseados, não necessitam fazer qualquer diligência, salvo consultar página web AE para certificação que estão bem inscritos, ou verificar os cadernos eleitorais durante o mês de março de 2019.

Para verificar se já está recenseado, bem como para obter o seu número de eleitor, consulte o site da Direção Geral de Administração Interna.

 

  ---------

Alterações ao regime do Recenseamento Eleitoral e exercício do direito do voto no estrangeiro 

 

Conheça aqui quais são as alterações ao regime jurídico do recenseamento eleitoral.

No passado dia 17 de agosto, entrou em vigor a Lei Orgânica nº 3/2018 que introduz alterações às Leis Eleitorais do Presidente da República, Assembleia da República, Orgãos das Autarquias Locais e regime jurídico referendo local.

Consulte mais informação

 

 

Secção Consular da Embaixada em Montevideu

Endereço: Av. Dr. Francisco Soca 1128, Ap. 701
11300 Montevideo
Telefone: (+598) 2708 40 61
Correios electrónicos: montevideu@mne.pt


Atendimento ao público: De segunda a sexta-feira das 9:00 às 12:30

​Confira aqui os feriados nacionais e uruguaios de 2019, durante os quais a Embaixada de Portugal estará fechada.

 

Perguntas mais frequentes

 

Abaixo encontrará as respostas às perguntas mais frequentes feitas pelos utentes da Secção Consular da Embaixada:

 

 

  1. 1.Tenho avô/avó português/a, posso tramitar a cidadania portuguesa?

R: A cidadania portuguesa pode ser tramitada dos avós para os netos, sendo necessários alguns requerimentos:

  • Demonstrar um vínculo cultural com Portugal, nos últimos 5 anos (ex. Atividades com a Casa de Portugal);
  • Demonstrar conhecimento do idioma português (fator opcional, mas aconselhável);
  • Assento original de nascimento do avô/ó apostilado (emitido há menos de 6 meses);
  • Assento original de nascimento do neto/a apostilado (emitido há menos de 6 meses);
  • Certificado de Antecedentes Penais original apostilado (emitido há menos de 6 meses);
  • Ter investimentos em Portugal (fator opcional, mas aconselhável);
  • Viagens frequentes (fator opcional, mas aconselhável).

Antes de qualquer trâmite, será necessário averiguar se os estados civis dos portugueses estão atualizados à data de nascimento dos seus filhos.

Documentos necessários para a Nacionalidade

 

  • Assento original de nascimento apostilado. Sendo menor de 18 anos, não é necessária apostila;
  • Documento de identificação (C.I Uruguaia) vigente e em bom estado;
  • Cópia do Cartão de Cidadão ou Bilhete de identidade do avô português;
  • Não é necessária a tradução dos assentos se estiverem originalmente escritas em espanhol, para qualquer outro caso é exigida tradução;
  • Os menores terão de vir acompanhados pelos pais ou tutores legais;
  • O custo é de $8.547 (valor de junho de 2019) – O pagamento é feito em numerário e em pesos uruguaios. Para menores de 18 anos, o trâmite é gratuito.
  1. Sou filho/a de um português. Posso obter a cidadania?

R: De pais para filhos, a transmissão pode ser realizada diretamente, isto é, não há requisitos prévios para obter a nacionalidade.

Antes de qualquer trâmite, é necessário perguntar se os estados civis dos portugueses estão atualizados à data de nascimento dos seus filhos.

Documentos necessários para a Nacionalidade

 

  • Assento original de nascimento apostilado. Sendo menor de 18 anos, não é necessária apostila;
  • Documento de identificação (C.I Uruguaia) vigente e em bom estado;
  • Cópia do Cartão de Cidadão ou Bilhete de identidade do avô português;
  • Não é necessária a tradução dos assentos se estiverem originalmente escritas em espanhol, para qualquer outro caso é exigida tradução;
  • Os menores terão de vir acompanhados pelos pais ou tutores legais;
  • O custo é de $8.547 (valor de junho de 2019) – O pagamento é feito em numerário e em pesos uruguaios. Para menores de 18 anos, o trâmite é gratuito.
  1. Os meus bisavôs eram portugueses, tenho direito à cidadania portuguesa?

R: Não, o grau máximo de parentesco para a transmissão da nacionalidade previsto na lei é o dos ascendentes de 2ºgrau, ou seja os avós do requerente.

  1. O que é preciso para fazer uma transcrição de matrimónio?

R: Para atualizar o matrimónio é necessário:

  • Assento de matrimónio original, apostilado (emitido há menos de 6 meses);
  • Assento de nascimento original do cônjuge não português, apostilado (emitido há menos de 6 meses);
    • Cartão de cidadão ou Bilhete de identidade do cônjuge português;
    • Documento de identificação do cônjuge não português;
    • Não é necessária a tradução das partidas se estas estivessem originalmente escritas en espanhol, para qualquer outro caso é exigida a tradução;
    • O custo é de $4.662 (valor de junho de 2019) – O pagamento é feito em numerário e em pesos uruguaios.
  1. Que necessito para tramitar a cidadania por via da lei dos judeus sefarditas?

R: Para tramitar o seu pedido de cidadania por via da lei dos judeus sefarditas, é preciso:

  • Certificado da Comunidade Judaica Portuguesa (do Porto ou Lisboa – abaixo encontrará os seus contatos);
  • Requerimento dirigido à Ministra da Justiça. O reconhecimento da assinatura é feito na Secção Consular da Embaixada de Portugal;
  • Assento original de nascimento apostilado e traduzido;
  • Certificado de Antecedentes Penais original e apostilado (emitido há menos de 6 meses), traduzido;
  • Cópia legalizada do Passaporte (a página onde está a assinatura, fotografia e identificação);
  • Registos criminais de todos os países onde morou, desde os 16 anos, traduzidos e apostilados;
  • O custo é de 250 €, pago em numerário.

COMUNIDADE ISRAELITA DE LISBOA
Tel: 00351 21 3931130
E-mail: sefardi.naturalization@comunidadeisraelitalisboa.org

COMUNIDADE ISRAELITA DO PORTO
Tel: 00351 91 1768596
E-mail: portuguesenationality@comunidade-israelita-porto.org

  1. Como faço / renovo o meu passaporte?

R: Para fazer ou renovar o passaporte, é preciso trazer o Cartão de Cidadão, em bom estado e vigente.

Em caso de renovação, é necessário trazer o passaporte antigo.

Os menores terão de vir acompanhados pelos seus pais ou tutores legais.

  1. Como faço /renovo o meu Cartão de Cidadão (cédula portuguesa)?

R: Se for a primeira vez que tramita o Cartão de Cidadão, basta trazer o seu documento de identidade uruguaio, em bom estado e vigente.

Caso seja uma renovação, será necessário trazer o seu Cartão de Cidadão em bom estado e vigente.

 

 

Consulado em Colónia do Sacramento

Cônsul honorária: Nelsys Fusco Zambetogliris
Endereço: 18 de julio, 263
Colonia del Sacramento
Telefone/Fax: (+598) 4522 8552

  • Partilhe